Um semestre ou um ano letivo nos EUA, aperfeiçoando o inglês e participando de uma experiência inesquecível que torna os alunos verdadeiros cidadãos do mundo.

Poucas experiências contribuem tanto para grandes mudanças no futuro, seja profissional, seja pessoal, como fazer um intercâmbio entre os 15 e os 17 anos e se dar a oportunidade de expandir os horizontes, aprender a falar fluentemente uma segunda língua e estar imerso em uma cultura estrangeira.

Entretanto, pode ser um pouco assustador quando não se sabe bem o que esperar do período que o aluno vai passar no país estrangeiro. Para tranquilizar pais e alunos, o ICCE, com mais de 35 anos de experiência na área, dá todo o apoio desde a escolha do destino e programa adequado, informando sobre todos os aspectos da estadia no exterior, além de dar todo o suporte ao aluno e aos pais durante a viagem.  

A tradição de intercâmbio durante o High School (Ensino Médio) se tornou popular depois da Segunda Guerra Mundial, como uma estratégia para aumentar a compreensão e a tolerância em relação a outras culturas, além de ser uma forma de aprender uma língua nova. Nos Estados Unidos existe um órgão público responsável pelos programas de intercâmbio, de forma a garantir a segurança e bem estar dos alunos durante a estadia com uma família hospedeira, o que garante a tranquilidade de todos.

Requisitos:

  • Idade: entre 15 e 17 anos.
  • Estar cursando o Ensino Médio.
  • Nível mínimo de Inglês: Intermediário (o estudante deverá ser aprovado em teste aplicado pelo ICCE).
  • Currículo Escolar: média mínima 6 ou conceito C.
  • Perfil do Estudante: bom nível de maturidade para entender e flexibilidade para aceitar as diferenças culturais, motivação para viver esta experiência única e responsabilidade para representar o seu país em uma comunidade americana. 

Durante o programa, que pode durar um ou dois semestres, as famílias americanas que queiram hospedar estudantes em casa se inscrevem e não cobram nada para cuidar do aluno, como se fossem a família dele. Esse ambiente amigável contribui para a rápida aprendizagem de inglês, pela imersão, e pela necessidade de comunicação. O aluno passa a participar das atividades da família como se fosse um deles, só tendo que se responsabilizar pelos seus gastos pessoais. 

O ICCE, com experiência em intercâmbio cultural desde 1978, cuida para que o aluno tenha a melhor experiência possível e para que a família tenha toda a tranquilidade necessária para a viagem dos filhos. O nosso longo histórico profissional revela que para a grande maioria dos intercambistas a transformação é tão positiva que frequentemente eles voltam dizendo que foi a melhor experiência da vida deles.

Para saber mais sobre intercâmbio nos EUA, fale agora com o ICCE!