Os benefícios incontestáveis de estudar em um dos famosos colégios internos da Suíça são o senso de responsabilidade que os alunos adquirem e ter o ambiente e condições ideais para ver desabrocharem os próprios talentos

Com vistas a oferecer a estudantes brasileiros a oportunidade de estudar nas melhores instituições suíças, o ICCE tem parceria com alguns dos mais tradicionais “boarding schools” (colégios internos) do país e auxilia em todo o processo de candidatura, admissão e acompanhamento por toda a duração do programa.

Os colégios ficam localizados em regiões belíssimas da Suíça, seja nos alpes ou no cantão de Vaud, e cultivam uma história de valores familiares que têm por objetivo nutrir os talentos naturais dos alunos e motivá-los para uma carreira de sucesso no futuro, seja em algum campo científico, esportes ou arte.

Trabalhamos com colégios que recebem alunos do mundo inteiro e que tenham uma comunidade multicultural com atmosfera familiar. São instituições que mantêm vínculos fortes com os alunos e pais de forma a consolidar a educação que os alunos recebem no período que passam no colégio.

Os valores suíços de qualidade e excelência refletem-se no programa curricular. As atividades extracurriculares, incluindo temporada de esqui, esportes de aventura e excursões a outras cidades complementam o programa de forma enriquecedora.

A escolha de colégio é uma decisão importantíssima, principalmente quando se fala de uma instituição estrangeira, e o ICCE, com quase 40 anos de experiência em Intercâmbio Cultural, pode direcionar os pais e alunos para a melhor decisão, ponderando todos os fatores envolvidos.

As grandes vantagens das famosas boarding schools da Suíça são os objetivos para os seus alunos, que podem se resumir a:

  • Os alunos são levados a se envolver ativamente no processo de aprendizagem e, como resultado, fazem grandes progressos;
  • Os alunos são preparados para se arriscarem na aprendizagem e aprender a lidar com as próprias falhas;
  • O aluno aprenderá a ter determinação e otimismo para lidar com os altos e baixos da vida.

Por fim, a grande vantagem do colégio interno é o fato de ser quase equivalente a um curso superior, no qual se aprende a ter responsabilidades e uma rotina que condiciona o aluno para o sucesso.

Requisitos para admissão:

Pede-se, para a candidatura à admissão, o histórico escolar dos últimos anos e referências para o aluno, além de uma breve carta de motivação escrita pelo próprio aluno. Caso o aluno seja aceito, poderá ser chamado para uma entrevista. Visita ao campus também pode ser parte do processo de admissão.

Não são aplicadas provas de admissão, mas pode ser pedido que o aluno faça testes de matemática, inglês, línguas e ciências na primeira semana de aula.

Os colégios internos da Suíça sabem ser modernos mantendo as tradições, e costumam ser pequenos, com não mais de 300 alunos, para que todos se conheçam e aprendam a ser mais independentes, ao mesmo tempo que crescem em um ambiente familiar com auto-confiança. 

O regime é integral interno, o que significa que os alunos ficam na escola até o fim do semestre, exceto nas férias de fim de período, durante as quais os alunos podem voltar para casa ou participar de viagens a outros países com colegas.

 

 

Os alunos são alojados em dormitórios confortáveis e bem equipados, organizados por idade e gênero e cada ala tem um responsável que mantem contato com os pais dos alunos, o que contribui para que se sintam em um “segundo lar”, e as lições aprendidas por viver em grupo são uma boa aprendizagem para a vida toda.

O ICCE, com experiência em Intercâmbio Cultural desde 1978, orienta o aluno em todos os detalhes, de forma que a experiência seja a melhor possível e traga os maiores benefícios para a vida do aluno, tanto pessoal como profissional futuramente.

Para mais informações e candidaturas, fale agora com o ICCE!