Um semestre ou um ano de Ensino Médio no exterior é uma das formas mais agradáveis de expandir os horizontes e se tornar um cidadão do mundo, o que reflete na vida pessoal e profissional muito positivamente

Sabe-se que ter a oportunidade de morar no exterior por um ou dois semestres e desenvolver habilidades importantes para a formação pessoal, educacional e profissional do intercambista é uma das experiências mais enriquecedoras e que, por ser um período de expansão intelectual, pode mudar o futuro do aluno de maneira muito positiva.

O ICCE, com experiência em Intercâmbio Cultural desde 1978, orienta o aluno em todos os detalhes, de forma que a experiência seja a melhor possível e traga os maiores benefícios para a vida do aluno, tanto pessoal como profissional futuramente.

Escolher o destino adequado e tipo de escola, acomodação e duração é o primeiro passo para uma estadia bem-sucedida, e os nossos conselheiros mais que experientes nesse processo, asseguram o melhor atendimento para pais e alunos.

Ensino Médio na França - ICCE

Ensino Médio na França - ICCE

Como funciona o Programa de Intercâmbio - Ensino Médio no exterior:

Em primeiro lugar, é preciso cumprir com os requisitos básicos para o programa:

  • Idade: entre 15 e 17 anos;
  • Estar cursando o Ensino Médio;
  • Nível mínimo de inglês: Intermediário (o estudante deverá ser aprovado em teste aplicado pelo ICCE);
  • Currículo Escolar: média mínima 6 ou conceito C;
  • Perfil do Estudante: bom nível de maturidade e flexibilidade para entender e aceitar as diferenças culturais, motivação para viver esta experiência única e responsabilidade para representar o seu país em uma comunidade estrangeira.

A acomodação, em alguns países, é o ponto de partida para o intercâmbio, pelo fato de que é a família hospedeira que escolhe o aluno para viver como se fosse um dos seus membros integrantes, por um período de 5 ou 10 meses (um ou dois semestres escolares). Após 80 anos de experiência, o programa é fortemente regulamentado pelos diferentes governos para garantir uma experiência de qualidade com segurança e conforto para todas as partes envolvidas.

Ensino Médio no Reino Unido - ICCE

Ensino Médio no Reino Unido - ICCE

Em alguns países, como os EUA, as famílias são voluntárias, isto é, não recebem qualquer remuneração para hospedar o estudante, e as escolas são públicas. Por esta razão, o estudante não escolhe a família, a cidade e o estado. O estudante se inscreve e assim que uma família o seleciona, é informado do seu destino. É importante que o estudante e sua família estejam abertos para a experiência e que haja respeito mútuo pelos costumes de cada parte, para que os meses de estadia sejam produtivos e enriquecedores.

Em outras opções de programas as famílias recebem uma ajuda de custo e, em alguns casos, as escolas são pagas. No caso da família anfitriã e/ou escola receber uma remuneração, o estudante pode escolher determinados itens do programa.

Opções de Ensino Médio no exterior:

O ICCE representa programas de intercâmbio de diversos países além dos Estados Unidos:

  • Alemanha
  • Austrália
  • Canadá
  • Espanha
  • França
  • Nova Zelândia
  • Reino Unido
  • Suíça

Alguns desses países oferecem as opções de estudar em escola pública, colégio privado ou colégio interno. Alguns países oferecem intercâmbio com especialização em alguma área científica, artística ou esportiva.

Ensino Médio na Nova Zelândia - ICCE

Ensino Médio na Nova Zelândia - ICCE

Na Austrália, por exemplo, é possível fazer um semestre ou um ano de Ensino Médio direcionado para alguma profissão ou atividade específica. Os alunos podem optar por futebol, engenharia, artes, até mesmo a estudos espaciais, entre muitas outras alternativas.

Na Suíça é possível ir para um dos seus famosos colégios internos, também por um semestre ou um ano, e o ICCE representa os colégios internos mais bem conceituados do país e pode, mediante pedido, dar todas as informações sobre como funciona esse programa.

Veja aqui informações mais detalhadas sobre alguns dos programas de intercâmbio que oferecemos, nos links a seguir:  

Para mais informações e inscrições, fale agora com o ICCE!