01.jpg

Victor Rosenblatt viajou para a cidade de Cedar Park, Texas, em 2010, para estudar por um tempo na Cedar High School. Na época com 15 anos, Victor diz que o intercâmbio foi a melhor fase de sua vida até o momento e uma experiência de extrema importância para que novos caminhos fossem traçados. Durante o período em que morou por lá, Victor pôde praticar a língua inglesa, fazer novas amizades e conhecer uma cultura diferente da sua.

Leia um pouquinho da experiência de Victor:

“ Com certeza o intercâmbio ficará marcado para o resto da minha vida. Ter estudado fora do meu país fez com que novos caminhos fossem traçados e novas escolhas de vida fossem feitas. Além de tornar meu inglês fluente, o intercâmbio me proporcionou novas experiências, conhecer novas pessoas e diferentes estilos de vida”, diz Victor.“

Muitas coisas marcaram minha viagem. As pessoas, o ambiente, a qualidade de vida, as tarefas domésticas que eu tive que realizar e que não realizo normalmente em minha casa, a dimensão da escola que estudei, o carinho que recebi e ainda recebo da minha família americana são algumas delas”.

Victor e sua família americana

Victor e sua família americana

Algumas diferenças entre Brasil e Estados Unidos chamaram a atenção de Victor. “As diferenças culturais são nítidas. Logo de cara, percebi que as moradias são basicamente casas e não prédios como no Rio de Janeiro. As escolas possuem algumas características meio curiosas: além de serem muito maiores do que as daqui, lá são os alunos que trocam de sala, não os professores. Confesso que no começo eu me perdia algumas vezes (risos)”.

“Além de um nível muito bom de inglês, as amizades que fiz e a relação com a minha família foram excelentes, tanto que ela veio para o Rio, no Carnaval, me visitar. Outro ponto crucial na experiência de intercâmbio é o fato de se conhecer um país novo e aprender com diferentes culturas e tradições. Esta foi com certeza a melhor fase da minha vida até agora.”

Victor e seus "pais" jantando em um restaurante brasileiro em Austin.

Victor e seus "pais" jantando em um restaurante brasileiro em Austin.

“O ICCE foi muito importante nesta minha experiência, me apoiou bastante e me incentivou a realizar a viagem. Os serviços foram ótimos e sua ajuda foi essencial para a escolha do meu destino e programa”, diz Victor.

Para saber sobre o Ensino Médio no exterior, fale com o ICCE!