Fazer um estágio na sua área, em outro país, pode representar uma mais-valia para a sua carreira quando voltar para o Brasil. Entretanto, poucos países permitem que estrangeiros ocupem as vagas sobressalentes nas empresas, o que torna mais difícil conseguir um estágio remunerado no exterior. As exigências para o programa de estágio remunerado em áreas específicas são bastante rigorosas e muitas vezes, é necessário ter alguma experiência prévia ou investir em algum curso que o qualifique antes de se candidatar.  

A opção mais plausível e oferece mais vagas e em mais áreas é o estágio não remunerado, como investimento na carreira profissional. Geralmente, acontece em regime de tempo integral e dura de três a seis meses. As vantagens de fazer um estágio no exterior são, além de ganhar experiência, estando inserido em um contexto real de trabalho na sua área, o candidato será parte de uma equipe que permitirá que ele pratique o idioma estrangeiro no ambiente de trabalho, o que lhe confere uma nova aptidão e um diferencial para futuros empregos.   

Para quem quer fazer um estágio remunerado e não especificamente na sua área, as opções são mais abrangentes e englobam adquirir experiência de trabalho em locais como cafés, restaurantes, hotéis, resorts, etc. Os candidatos devem ter pelo menos nível intermediário de inglês e, a remuneração, dependendo da cidade, pode variar de acordo com a temporada. O estágio remunerado dura de três a 12 meses.  

Para saber mais sobre os programas de estágio, fale com o ICCE!