Para conseguir acompanhar o intenso ritmo de mudança no mercado de trabalho é necessário ter algumas qualificações básicas, que funcionam como exigências tácitas para se conseguir um emprego. Entretanto, nem sempre é assim tão simples. Hoje em dia, para se conseguir manter o emprego, ser promovido ou candidatar-se a um emprego melhor, relativamente, é necessário ter algumas habilidades no currículo que o diferenciem dos outros candidatos.

Cursos Intensivos1.jpg

Uma das estratégias para se destacar no mercado de trabalho passa por ter uma segunda e até uma terceira língua. Nas últimas décadas, a segunda língua na maior parte do mundo tem sido o inglês, enquanto a terceira passa a depender das aspirações profissionais mais específicas de cada pessoa.  

Tanto para trabalhar no exterior como para ter acesso à informação em qualquer lugar do mundo, sem dúvida o inglês é um dos idiomas que mais abrem portas. A maneira mais rápida de aprender qualquer língua é fazer um curso intensivo e tanto quanto puder, tirar proveito da aprendizagem. Para isso, é preciso comprometimento por parte do aluno e um plano de curso adequado às capacidades da turma.

Cursos Intensivos2.jpg

Além da rapidez com que se aprende, os cursos intensivos de língua costumam durar menos tempo e ser muito mais diretamente focados no nível de conhecimento prévio da turma, além de exigirem mais em termos de aplicação prática da matéria estudada. É preciso algum esforço por parte do aluno, mas o que faz a grande diferença na aprendizagem é o grau de imersão a que é submetido em um curso intensivo.  

Para saber sobre os cursos intensivos de língua, fale com o ICCE agora mesmo!